filtros automotivos

Filtros automotivos: destacamos os mais importantes para você ficar de olho

Os carros possuem diversos filtros e todos eles têm uma função importante, servindo também para prolongar diferentes componentes em seu veículo. Poeira e outras impurezas fazem mal ao carro e apenas os filtros podem te ajudar a se livrar delas. Os filtros automotivos são: filtro de óleo, filtro de ar-condicionado, filtro de combustível e filtro de ar do motor. 

Cada um tem sua função específica e é de extrema importância que você esteja atento às recomendações do tempo de troca de cada um. 

O Baratão Autopeças se preocupa com a sua segurança. Por isso, separamos os principais filtros automotivos e quando devem ser trocados. 

1. Filtro de ar do motor 

Em um veículo, existem dois tipos de filtro de ar. Por isso, tome cuidado para não confundir. Além do filtro de ar-condicionado, existe também o filtro de ar do motor, que é uma das peças mais importante do veículo, pois é ele que impede que as impurezas do ar entrem em contato com o motor do veículo. 

O motor do seu carro necessita de 3.500 litros de ar por minuto. O filtro de ar consegue separar e eliminar as sujeiras para não serem absorvidas pelo motor, por isso deve-se prestar atenção no tempo de troca deste filtro. Se o filtro já estiver muito entupido, as partículas de poeira podem chegar até o motor, resultando na sua degradação total, podendo atingir os cilindros e pistões. 

Além disso, um filtro de ar com muita sujeira gera um aumento no consumo do combustível e falhas na marcha lenta, ou seja, é um item indispensável para um bom funcionamento do veículo. 

[Quando trocar?] 

Primeiro, não se pode lavar esse tipo de filtro. Deve-se olhar no manual do seu veículo. Nele terá a indicação do tempo para troca ou manutenção dos componentes. Recomenda-se que a troca seja a cada 6 meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados em vias urbanas ou 5 mil quilômetros em vias rurais. 

2. Filtro de combustível 

O filtro de combustível é uma das primeiras linhas de defesa do veículo e tem a função de peneirar as impurezas do álcool ou gasolina antes da queima de combustível, evitando que poeiras, ferrugem, partículas orgânicas, ou água se acumulem antes de chegar até a bomba de combustível e ao bico injetor, ou seja, caso não haja troca, a bomba de combustível ficará comprometida e sujará o sistema de injeção, provocando falhas que afetem o rendimento do automóvel.  

O filtro de combustível não costuma ser caro, mas os danos causados por um filtro velho são irreversíveis. A bomba do combustível é sensível, então jamais deverá entrar em contato com poeiras, água, ferrugem ou outros tipos de impurezas. 

[Quando trocar?] 

Caso esteja sentindo seu carro com alguns problemas de desempenho, verifique quando foi a última troca do filtro de combustível. Alguns problemas apresentados por veículos com o filtro entupido são: falta de potência, dificuldade em altas velocidades e partidas lentas. Caso perceba esses sinais, a troca do filtro de combustível deve ser feita o mais rápido possível. 

Geralmente o manual do carro lhe dará todas as instruções e datas de troca, mas estima-se que a troca do filtro do combustível deve ser feita entre 8 mil Km e 15 mil Km.  

3. Filtro de óleo 

O filtro de óleo é um elemento pequeno que determina a preservação de peças grandes, mantendo as galerias e bombas de óleo limpas. O óleo lubrifica constantemente as peças móveis do motor, então é de suma importância que esse mesmo óleo esteja limpo. O filtro tem o trabalho de purificar constantemente esse óleo, retendo as partículas impuras.  

Se o filtro de óleo passar do prazo de troca, alguns detritos podem entrar em contato com partes móveis do motor, podendo estragá-lo. 

[Quando trocar?] 

Recomenda-se que o filtro seja trocado junto com o óleo. Quando o óleo é filtrado corretamente, diminui a probabilidade de problemas e desgaste do motor. O filtro de óleo muitas vezes retém as impurezas de óleos antigos e vencidos, além de absorver o carvão que às vezes existe nesse lubrificante. Então, certifique qual a validade do óleo para saber quando trocar o filtro também. Jamais utilize o automóvel com o óleo vencido. Faça a troca regular do filtro de óleo e garanta mais tempo de vida do seu motor. 

4. Filtro do ar-condicionado

Muitas vezes o filtro do ar-condicionado é negligenciado, recebendo menos atenção que os outros filtros. O filtro de ar da cabine é esquecido devido à dificuldade de ser acessado. 

Essa dificuldade de ser encontrado resulta no seu esquecimento, mas esquecer do filtro que realiza a função de manter o ar da cabine limpo e seguro é um erro grave. Afinal, o filtro do ar-condicionado é responsável por manter limpo o ar da cabine, garantindo conforto e segurança, pois filtra a entrada de ar com poluentes, poeira e mofo, garantindo também a saúde de quem sofre por alergias respiratórias. 

O filtro de ar da cabine também preza pelo bom funcionamento do ar-condicionado. Quando o filtro fica sujo demais, o sistema de ar-condicionado trabalha com mais intensidade, fazendo o motor queimar. 

[Quando trocar?] 

Lembrando que em tempos de pandemia da covid-19 que estamos vivendo, o ar que respiramos precisa ser filtrado pela máscara, então, o filtro do ar da cabine do seu veículo é como se fosse a máscara dele para te proteger.  É de suma importância que o ar do seu veículo seja filtrado, ou seja, esse filtro requer mais atenção ao prazo de troca.  

A troca geralmente é feita entre 20 mil Km a 40 mil Km, mas recomenda-se que a troca deste filtro seja feita anualmente, mesmo que não tenha atingido a quilometragem recomendada.  

Agora que você já sabe quais são os filtros do seu carro, faça uma revisão e, se houver a necessidade de realizar a troca de alguma peça, entre em contato com a gente pelo WhatsApp ou procure O Baratão mais perto de você