Raio-x da manutenção preventiva dos pneus de carros

A manutenção preventiva dos pneus do carro é muito mais do que apenas um cuidado de rotina, ela é um recurso fundamental para salvar vidas. Além de indispensável para poupar o veículo de desgastes, a manutenção periódica dos pneus do carro ajuda a evitar acidentes, fator que matou mais de 5,2 mil pessoas em 2020 no Brasil, segundo o Painel CNT de Acidentes

Mesmo com tamanha importância, é comum que os motoristas deixem para fazer essa manutenção pouco antes de pegar a estrada para viagens longas, deixando de lado os cuidados rotineiros com os pneus.  

Nesse cenário, os pneus ficam sujeitos ao desgaste natural causado pelo atrito durante a rodagem na estrada, e as outras partes do carro acabam pagando o preço da imprudência. 

A necessidade da manutenção preventiva do veículo e a atenção à saúde dos pneus é fundamental para quem deseja manter a vida útil de todas as peças do carro, além de ajudar a economizar com gastos excessivos na hora de corrigir possíveis problemas causados por elas.  

Quer saber mais sobre a importância de manter os pneus do carro sempre em dia e investir na manutenção preventiva para manter tudo seguro? Então acompanhe nosso artigo e conheça mais sobre o assunto. Confira. 

Manutenção: preventiva ou corretiva? Qual a melhor?

Fonte: Freepik

Muitos sabem que existem dois tipos de manutenção: a preventiva e a corretiva. Mas o que cada uma dessas modalidades significa realmente? 

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva é categorizada pelo monitoramento periódico da situação dos componentes do carro a fim de prevenir futuros problemas.  

Com o intuito de manter o bom desempenho do veículo e evitar gastos além do imaginado com quebras e falhas, a manutenção preventiva inclui a checagem de todos os componentes do carro, utilizando um conjunto de procedimentos em que há avaliações e correções nos aparelhos para que tudo fique em ordem. 

Entre as principais vantagens da manutenção preventiva, temos: 

  • Resolução de uma ampla série de problemas; 
  • Alongamento do tempo de vida da máquina; 
  • Aumento da disponibilidade de tempo para pesquisar e avaliar peças novas. 

A manutenção preventiva deve ser realizada a cada 6 meses, ou antes, no caso de ser necessário realizar qualquer viagem longa.  

Manutenção corretiva

Assim como o nome já diz, a manutenção corretiva tem a finalidade de corrigir falhas ou substituir algum componente já danificado no veículo. Por ser a modalidade mais utilizada pelos motoristas, ela é feita geralmente em casos de extrema necessidade.  

A manutenção corretiva ocorre principalmente quando alguma peça apresenta um defeito imprevisto, normalmente causado por desgaste de peças, erro no manuseio ou mesmo quedas e outros tipos de acidentes. 

Ela também ocorre quando algum problema afeta o veículo por falha ou falta de manutenção preventiva. Esse tipo de manutenção pode acarretar gastos fora do cronograma e aumentar o custo do conserto do carro.  

Qual a importância de manter a manutenção dos pneus em dia?

A manutenção preventiva dos pneus do carro tem como principal objetivo garantir a maior vida útil dos pneus. O fato é que a manutenção de rotina aumenta sua durabilidade, influenciando o desempenho e a vida útil de outras peças, como freios, suspensão, rodas e outros.  

Outra vantagem de manter a saúde dos seus pneus em dia é que pneus sem desgaste ajudam a diminuir o consumo de combustível do seu carro. 

Como os pneus entram em contato direto com o solo, eles absorvem os maiores impactos e acabam se desgastando ao longo do tempo. Com isso, o motor precisa fazer mais “força” para manter o funcionamento do veículo, o que acaba consumindo mais combustível e causando impacto em outras peças.  

De modo geral, a manutenção preventiva ajuda a: 

  • Prolongar a vida útil dos pneus e outras peças; 
  • Minimizar o desgaste de outras peças; 
  • Garantir mais conforto e segurança; 
  • Economizar combustível; 
  • Manter o veículo mais eficiente; 
  • Aumentar a valorização do veículo em caso de revenda. 

Quando é preciso trocar os pneus do carro? 

Fonte: Freepik

O tempo de duração de um pneu depende do modelo do carro, do tipo de superfície sobre a qual se dirige com mais frequência, das práticas de direção do motorista e de outros fatores, como a qualidade dos pneus escolhidos.  

Não existe uma conta exata de quanto tempo ou quantos quilômetros são necessários para realizar a troca do pneu. De acordo com as indicações mais recorrentes dos fabricantes, é necessário verificar o chamado treadwear – a quilometragem de vida útil do pneu, definida pelo fabricante. O tempo e forma de uso dos pneus também devem ser considerados na hora da troca – verificando quilometragem, velocidade, manutenção, calibragem, aro, além de questões como alinhamento de direção, balanceamento de rodas em dia e folgas na suspensão.  

Mesmo assim, alguns fatores demonstram claramente que chegou a hora de trocar os pneus do carro. São eles: 

  • Pneu careca: barras indicadoras de desgaste (TWI) no mesmo nível da banda de rodagem; 
  • Pneu muito velho
  • Danos aparentes, como rachaduras ou furos; 
  • Vencimento da garantia assegurada pelo fabricante. 

Lembrando que um dos sinais clássicos do desgaste dos pneus é a aparição de pequenos “arames” ou bolhas que surgem quando a borracha já está gasta ou velha.  

Ações preventivas que ajudam a manter a saúde dos pneus

Rodas e calotas

Observar sinais de desgaste, como deformações, trincas, corrosão e outros fatores é muito importante para garantir que os pneus não sofram mais desgaste e não fiquem vulneráveis por conta de falhas nessas duas peças.  

É importante ficar atento às orientações do fabricante e observar a situação das rodas e calotas periodicamente, procurando um mecânico ou assistência em caso de qualquer problema aparente.  

Rodízio periódico dos pneus

Você sabia que os pneus dianteiros do carro se desgastam mais rápido que os traseiros? Isso acontece porque eles têm demandas diferentes com relação à frenagem, curvas, tração e carga do veículo.  

Esse desgaste desigual torna qualquer viagem muito perigosa. Por isso, é sempre importante realizar o rodízio periódico dos pneus, conforme a recomendação do fabricante. A prática proporciona mais equilíbrio no desgaste, melhorando a estabilidade, desempenho e aderência ao solo, além de aumentar a vida útil dos pneus. 

Calibragem

Fonte: Freepik

Manter os pneus calibrados de acordo com a indicação do manual do motorista, produzido pelo próprio fabricante, é uma das principais atitudes que tornam a vida útil do seu pneu mais longa.  

Sempre confira se os seus pneus “estão murchando” ou se qualquer irregularidade se apresenta nos níveis do carro. É importante fazer a calibragem regularmente, a cada 15 dias, além de garantir que o pneu reserva esteja sempre calibrado.  

Alinhamento e balanceamento

Identificar a trepidação da direção do carro ou o volante puxando para um dos lados é fundamental para saber se o alinhamento e o balanceamento estão corretos. Afinal, esses são sinais claros de que é hora de conferir esses dois itens com urgência.   

O alinhamento e balanceamento corretos são essenciais para manter o veículo rodando de forma adequada e evitar o risco de acidentes. Além disso, esses itens ajudam a minimizar o desgaste irregular dos pneus e prolongam a durabilidade deles. 

O ideal é realizar o alinhamento e balanceamento a cada 10 mil quilômetros rodados e sempre quando houver a troca ou rodízio de pneus. 

Sobrecarga

O excesso de peso no carro é bastante prejudicial para a saúde dos pneus. Essa prática, quando recorrente, pode causar deformações, desgastar os pneus irregularmente e até mesmo prejudicar a estrutura da suspensão do veículo.  

Dessa forma, evite carregar cargas muito pesadas e ultrapassar o número de passageiros indicado para cada veículo. 

Hábitos ao volante

Manter boas práticas de direção, além de garantir mais segurança para você e sua família, também influenciam muito na vida útil dos pneus. Curvas acentuadas, dirigir em alta velocidade, frear bruscamente e outros hábitos nocivos ao volante podem aumentar o desgaste dos pneus, diminuindo assim o tempo de utilização deles.  

Agora que você compreendeu a importância da manutenção preventiva e aprendeu como aumentar a vida útil dos seus pneus, conte com O Baratão Auto Peças para garantir as melhores opções e recursos para o seu veículo.  

Fale com a gente através de um dos nossos canais de atendimento como e-mail e WhatsApp ou encontre O Baratão mais perto de você para aproveitar todas as vantagens de adquirir seus produtos na loja de autopeças de maior referência no mercado.